Pinus

"Direto da serraria para sua empresa"

A madeira serrada de pinus é muito utilizada na construção civil, embalagens e moveleira por ser uma madeira leve e de fácil manuseio.

Podemos comercializar o Pinus Taeda, Ocarpa, Elliotis, hondurensis, entre outros das mais diferentes formas:

  • Tabuados, pontaletes e vigas brutas e banhadas;
  • Tabuados, pontaletes e vigas estufadas;
  • Tabuados, pontaletes e vigas secas ao tempo;
  • Tabuados, pontaletes e vigas secas e aparelhadas;
  • Tabuados, pontaletes e vigas com até 7 metros de comprimento;
  • Tabuados, pontaletes e vigas pré-cortadas;
  • Tabuados, pontaletes e vigas sem nós;
  • Expansão do Pinus no Brasil;

O consumo de toras de Pinus no Brasil aumentou significativamente na última década. Em 1990, seu consumo era de 19 milhões de metros cúbicos e saltou para a marca de 42 milhões de metros cúbicos no último ano.

A madeira de pinus, além de ser um produto de exportação com forte demanda internacional, é muito versátil e, por isso, uma das melhores alternativas em diversas aplicações que vão desde a produção de embalagens e paletes para movimentação de cargas, passando por mobiliário e painéis, até uma grande variedade de componentes para construção civil. Trata-se de um dos maiores insumos geradores de divisas para a economia brasileira.

A floresta de pinus é diferenciada pelo seu multiuso porque a mesma árvore, em seu ciclo, pode ser destinada à indústria laminadora, que a utiliza para fabricação de compensados; para a indústria de serrados, que transforma em madeira beneficiada ou é convertida em móveis; para a indústria de papel e celulose; para a indústria de MDF e, mesmo o seu resíduo, tem sido aproveitado como biomassa para geração de vapor e energia.

Na área de papel e celulose, que só trabalha com árvores de reflorestamento, o Pinus representa 30% das plantações. Ele é importante porque contribui com as fibras longas, imprescindíveis na fabricação de papéis, que exigem maiores resistências e melhor absorção de tinta. Em relação aos móveis, a madeira de pinus domina a preferência das indústrias.

Entretanto, a Sociedade Brasileira de Silvicultura (SBS) faz um alerta: a demanda por madeira de pinus que está em 42 milhões de metros cúbicos, irá aumentar para mais de 80 milhões de metros cúbicos em 2020.

Apesar de possuir muitas virtudes e ser uma importante alternativa para o desenvolvimento de muitas regiões, a cultura do Pinus carece de estímulo governamental e sofre muitos ataques. São diversos os mitos sobre as culturas da espécie.

Visão

Garantir a satisfação de todos os envolvidos, considerando qualidade, prazos e atendimento.

Missão

Tornar a madeira reflorestada como a primeira e única opção para as empresas e indústrias que necessitam deste insumo. Através de parcerias, alavancar o nosso desenvolvimento assim como de nossos cliente e fornecedores.

Valores

A WG5 Madeiras desenvolve suas atividades baseadas nos seguintes alicerces: honestidade, transparência, dedicação, determinação e principalmente compromisso com nossos clientes.